domingo, 10 de fevereiro de 2019

Bolo low carb de maçã e coco


Ingredientes

6 ovos
150 ml de leite de coco sem açúcar
6 colheres de maçã ralada
100 g de coco ralado sem açúcar
100 g de manteiga
1 colher de sopa de fermento em pó
Adoçante stévia a gosto


Veja também


Preparo
Comece batendo bem os ovos em um bowl com um fouet ou batedeira. 
Em seguida acrescente os outros ingredientes um a um, lembrando de adicione o fermento por último. 
Despeje a massa em forma de bolo inglês untada com manteiga e coco. 
Lipoturbo X



Siga-nos também no Pinterest e Facebook

sexta-feira, 8 de fevereiro de 2019

Bolo low carb de cenoura


Ingredientes
Massa 
2 xícaras (chá) de farinha de amêndoas 
¾ de xícara (chá) de óleo de coco 
4 ovos 
1 colher (sopa) de fermento em pó 
3 cenouras 
Mel 


Veja também 


Cobertura 
1 vidro de leite de coco 
Adoçante 
2 colheres (sopa) de cacau em pó 

Preparo 
Bolo 
Em um processador, bata a cenoura e em seguida despeje em um bowl para incorporar junto com os outros ingredientes. 
Você também pode bater tudo no liquidificador ou batedeira até que a massa fique homogênea. 
Se optar por batedeira, lembre-se que o fermento deve ir por último e deve ser misturado com uma colher. 
Coloque a massa em uma forma untada ou forrada com papel manteiga. 
Leve ao forno preaquecido a 210 graus por aproximadamente 30 minutos. 


Cobertura 
Coloque todos os ingredientes em uma panela e deixe engrossar em fogo baixo 
Após o bolo assado, espere esfriar e desenforme 
Cubra com a cobertura e pronto!

Você poderá gostar também

LIVRO DIGITAL


Siga-nos também no Pinterest e Facebook

Pão Fit de Frigideira


Ingredientes

2 ovos
1 colher (sopa) de goma de tapioca
1 colher (sopa) de farinha de coco ou aveia
1 colher (sopa) de queijo ralado
2 colheres (sopa) de água
1 colher (chá) de fermento em pó

Veja também


Preparo
Misture todos os ingredientes e leve ao fogo em uma frigideira com tampa em fogo baixo.

Você poderá gostar também




Siga-nos também no Pinterest e Facebook

quarta-feira, 16 de janeiro de 2019

Ervas Naturais Que Melhoram a Sua Memória

Quantas vezes já esqueceu o nome de alguém? 

Esses pequenos esquecimentos são comuns a todos nós, mas quando se tornam mais frequentes podem ser indicativos de que algo no seu organismo não está muito bem. 
As causas podem ser diversas, como uso de álcool e tabaco, estresse, depressão e até mesmo deficiências nutricionais. 
Sempre reforçamos que uma boa alimentação é a base de uma vida saudável em todos os sentidos. 
Quando nos alimentamos bem e praticamos atividade física regular, os problemas físicos vão embora.
O mesmo acontece com a memória. 
Por isso, separamos aqui dez ervas naturais que podem turbinar a sua memória. 

Veja também


1. Ginkgo Biloba 

Esta erva é muito popular entre os suplementos alimentares devido aos seus benefícios terapêuticos. 
Estudos científicos comprovaram que a erva reforça a memória, e é ótima no tratamento de demência vascular, que muitas vezes é desencadeada pelo Alzheimer. 
O ginkgo protege as células nervosas danificadas e, com isso, o paciente consegue se concentrar em atividades diárias, se socializar e se sentir menos deprimida.
Outros testes feitos com a erva mostraram que o ginkgo melhora a circulação sanguínea no sistema nervoso central, melhorando dessa forma o funcionamento do cérebro. 
E por que o ginkgo biloba é tão poderoso? 
Porque é rico em flavonoides, terpenoides e antioxidantes que combatem os radicais livres, responsáveis por doenças mentais como demência e Alzheimer.



2. Ginseng


Estudos comprovaram a eficácia do uso desta erva em tratamentos de memória feitos em cobaias. 
Os ratos de laboratório que receberam dosagens de extrato de ginseng realizaram testes feitos em água com muito mais eficácia comparado aos que não ingeriram. 
A erva ativa os neurotransmissores e, com isso, fortalece a memória.



3. Alecrim



Esta erva maravilhosa já tem sido usada no tratamento de memória há certo tempo. Assim como o ginkgo biloba, o alecrim contém antioxidantes que neutralizam os radicais livres. 
Na aromaterapia, é utilizado para combater a ansiedade, pois reduz os níveis de cortisol no cérebro. 
O seu óleo essencial, quando misturado a outros, alivia o estresse e reforça a concentração e a memória. 
É utilizado por estudantes de enfermagem para que possam estudar melhor.



4. Sálvia

Estudos mostraram que a sálvia contém ativos naturais que reforçam os componentes químicos responsáveis por levar as informações ao cérebro. Cientistas das Universidades de Newcastle e Nortúmbria, no Reino Unido, realizaram um teste com 44 pacientes - metade deles recebeu sálvia e a outra metade placebo. 
Aqueles que consumiram a sálvia tiveram desempenho muito melhor em um teste de memória realizado em laboratório.



5. Chá-verde


Este poderoso chá tem sido cada vez mais consumido, o que é ótimo, pois ele é riquíssimo em antioxidantes.
Um estudo realizado em março de 2013 confirmou que o extrato do chá-verde protege as proteínas e os lipídios quando os consumimos, além de ter vitaminas A, D e K, que combatem os efeitos oxidantes no organismo causados pelo envelhecimento. 
Outros estudos comprovaram que a erva protege o hipocampo - a parte do cérebro responsável pelo sistema autônomo central e que atua na memória. 

Veja também




6. Vinca 


Você provavelmente já viu esta linda florzinha na natureza, ou até mesmo em parques e jardins.
O que você não sabe é que ela tem ótimos efeitos bactericidas, sedativos e ajuda a combater o câncer. 

As folhas e as sementes da vinca contém um componente que melhora a circulação do sangue e do oxigênio no cérebro, além de facilitar a absorção de nutrientes. 
Com isso, a memória tem melhoras significativas, assim como atividades cognitivas. 

Veja também

7. Mirtilo 

A ciência moderna descobriu que esta frutinha é rica em flavonoides, que atuam nas funções cognitivas, compreensão verbal, habilidades com números, tomar decisões e, claro, na memória. 
Ao consumir com frequência alimentos ricos em flavonoides reforça as habilidades cognitivas e ainda protege o cérebro contra demência e o risco de doenças como Parkinson e Alzheimer. 
Um estudo realizado pela conceituada Universidade Harvard, nos Estados Unidos, comprovou que o consumo regular de mirtilos melhora e muito a saúde cerebral, além de potencializar a memória principalmente para pessoas que têm problema de memória causados pelo avanço da idade. 
Por isso, inclua esta frutinha na sua dieta! 


Você poderá gostar também



Siga-nos também no Google+ , Pinterest e Facebook

sexta-feira, 11 de janeiro de 2019

Veja como emagrecer com alimentos verdes


Enriqueça sua dieta com estes 9 ingredientes verdes.
Você já ouviu falar do quanto os alimentos de coloração verde são mais saudáveis?!

Não é mito, existe uma teoria de que estes vegetais ocupam o topo da pirâmide de cores dos alimentos que mais fazem bem à saúde.


Veja também

Esta teoria foi desenvolvida por James Joseph, do Centro de Investigação sobre a Nutrição Humana, pertencente ao Departamento de Agricultura Norte-americano.
Ela consiste em mostrar os níveis de qualidade nutricional de verduras e frutas a partir de sua cor.
Os alimentos verdes receberam o primeiro lugar por possuírem mais vitaminas K e C, além de potássio, ácido fólico e luteína.
Para o emagrecimento em sua forma natural, estes alimentos verdes colaboram com seu poder antioxidante.
Confira 9 entre todos os alimentos verdes que trazem muitos benefícios à saúde e estimulam o emagrecimento, quando consumidos em quantidade equilibrada:

Veja também


1. Limão



O limão é o chefe dos alcalinizantes, que limpam o sangue e regularizam as funções do organismo.
Com sangue limpo e na pressão adequada, o sistema linfático também trabalha melhor, assim como o sistema imunológico, colaborando para o emagrecimento.

Veja também


2. Chá verde


As catequinas presentes no chá verde são antioxidantes que atuam em favor do emagrecimento.
Elas trabalham através da redução do apetite, bloqueando a absorção de gordura e acelerando a queima do que foi absorvido.

Veja também


3. Abacate


Esta fruta possui gorduras que são benéficas ao organismo, além de muitas vitaminas, minerais, micronutrientes e antioxidantes.
Possui também um aminoácido que atua na aceleração do metabolismo, auxiliando no emagrecimento.

Veja também


4. Brócolis

Rico em vitamina C, o brócolis também é aliado da saciedade, ajudando a satisfazer o organismo de uma refeição até a outra.

Veja também


5. Kiwi


Uma pequena fruta cheia de nutrientes. 
Além da grande quantidade de vitamina C, também possui um acelerador de metabolismo e um regulador dos níveis de insulina.

Veja também


6. Pera


A pera oferece uma boa quantidade de potássio, cálcio e ferro, além de muitas fibras que melhoram o funcionamento do intestino. 

Veja também 




7. Pimenta verde


As pimentas de modo geral possuem um agente termogênico que, ao elevar a temperatura do corpo, colabora para a queima de gordura.

Veja também


8. Aspargos


Com muitas fibras e nada de calorias, o corpo acaba gastando mais gordura para digerir os aspargos do que absorve ao consumi-lo.
É um alimento diurético e auxilia no combate irritações gastrointestinais.


Veja também

9. Maçã verde


Muito diurética, a maçã verde também é rica em fibras, como a pectina, um poderoso agente desintoxicante e que ajuda na digestão e na sensação prolongada de saciedade.
Se não tiver alergia a qualquer um destes alimentos, não deixe de inclui-los na sua dieta e absorver toda a boa saúde que oferecem!

Você poderá gostar também

100 Receitas Com Cardápio Low Carb
Entre Em Forma e Perca Barriga 
com Pratos Fáceis, Rápidos e Baratos






Siga-nos também no Google+ , Pinterest e Facebook